Há vários fatores a ser ponderados na definição da forma e medidas de uma piscina, além dos aspectos construtivos e financeiros. Para que seja confortável, segura e fácil de manter, uma piscina pública, ou privada, tem que ter em conta certos aspectos.

ASPECTOS ESPACIAIS

O espaço físico disponível é algo que pesa imenso na balança. A medida da piscina tem que se enquadrar no espaço reservado para a sua instalação onde, pelo menos, uma zona de solário na sua envolvente e de outras zonas, devem também ser equacionadas.

Quanto mais distante a piscina estiver da casa, maior será a necessidade de instalações de apoio na sua proximidade. Por exemplo:

  • zonas de sombra,
  • instalações sanitárias,
  • barbecue,
  • bar, etc.

Se o espaço não é um problema, então as medidas da piscina podem ser pensadas em função do número de pessoas que a possam frequentar (agregado familiar e/ou um grupo de amigos).

Seja como for, a piscina deve adequar-se ao espaço livre disponível mantendo com este e as zonas envolventes uma proporcionalidade equilibrada e harmónica.

A FORMA E A IMPLANTAÇÃO DA PISCINA NO TERRENO

A forma da piscina é muito importante, porque deve ser adequada à utilização pretendida pelos proprietários: para natação ou de lazer. Seja qual for o seu propósito, quando se constrói deve ter em conta a instalação de outros equipamentos no futuro, como uma cobertura de superfície.

Por exemplo, uma piscina de formato retangular é (muito) mais fácil de cobrir e de manusear do que uma piscina em forma de rim. Por esse motivo, este é o formato mais escolhido e aconselhado, porque permite um melhor aproveitamento não só do espaço exterior mas, sobretudo, do espaço interior da própria piscina.

Idealmente a implantação da piscina do terreno deve ter uma orientação Norte/Sul, isto é, a zona menos funda deve estar a Norte e zona mais profunda a Sul. Esta disposição permitirá que o vento (no verão em Portugal, é predominante de Noroeste) ajude a “varrer” o espelho de água das sujidades. Com a ajuda das bocas de retorno (as entradas de água filtrada na piscina), na direção dos skimmers, assegura-se uma perfeita limpeza do espelho de água.

Se a piscina tiver esta orientação e se a zona de solário estiver do lado da zona menos profunda (a zona de acesso à piscina por excelência), então a implantação será perfeita. Ou seja, os banhistas, enquanto tomam o seu banho de sol, terão o privilégio de olhar para as águas relaxantes e apetecíveis da piscina.

Construir a piscina dos seus sonhos é possível.

Facebook
Facebook
YOUTUBE